Oi, oi, oi, amantes da arte e da cultura! Como já é tradição no Blog Reticências Culturais, todo mês, vocês terão uma playlist (disponibilizada no Spotify) com músicas escolhidas por algum(a) artista de Mossoró baseada em algum tema. Durante todo o mês, além de vocês curtirem e ouvirem bastante, eu vou estar sempre utilizando-a por aí, seja numa publicação, num vídeo, enfim, onde der. 

Em agosto, vocês puderam usufruir da playlist Bons Ventos, criada pelo ilustrador mossoroense Gabriel Azevedo. Nela, cantorxs como Emicida, Luedji Luna, Gal Costa, Silva, Davi Sabbag, Jorge Ben Jor, Mahmundi, estiveram presentes. No mês de setembro, vocês vão desfrutar de um novo repertório. Dessa vez, o tema escolhido foi NOSTALGIA e a playlist, elaborada por nada mais, nada menos que a cantora ALZINETE DI OLIVEIRA, um verdadeiro ícone da história da música da cidade de Mossoró. 

#paracegover: Alzinete com o cabelo preto, liso, preso na parte superior e caindo por cima do ombro direito da foto. Ela usa uma bandana. Os olhos estão com maquiagem preta forte. Alzinete usa uma máscara vermelha com bolinhas brancas, um colar tipo choker preto com pedras e uma blusa de alça. De fundo, um guarda-roupa e alguns porta-retratos na estante. FOTOGRAFIA: arquivo pessoal.

Quem vive na Capital do Oeste certamente já viu ou ouviu falar de Alzinete pelo menos alguma vez na vida… porque a cidade tem a voz da cantora sempre passeando por aí, como o ar ou o vento, presenteando os quatro cantos desses muros e dos nossos corações. No entanto, essa trajetória não começou de hoje. Os primeiros contatos com a música começaram na sua própria casa, quando a nossa Alzinete ainda era uma criança. Foi ouvindo o seu irmão, Anderson, cantando e tocando pelos cantos da casa, que o interesse da nossa artista pela música surgiu. Inicialmente, acanhada, mas o convívio constante com a música fez com que a nossa Alzinete se encorajasse para viver com o que ela ama.

Com um tempo, a artista mossoroense passou a integrar a banda do irmão – denominada “Anderson Musical” -, sendo a vocalista oficial, incentivada principalmente pela mãe – que teve o grande sonho de ser cantora impedido pela mãe (avó de Alzinete). “Mamãe ficou frustrada porque não podia cantar, aí ela se vingou em mim. Me empurrou rsrs”, brinca Alzinete. 

Depois de mais de 10 anos desfrutando da banda do irmão Anderson, a nossa cantora recebeu o convite para entrar na banda Tremendões, grupo com o qual Alzinete passou grande parte da sua vida, o que presenteou-lhe uma maior visibilidade. Foi em 2001 quando isso aconteceu; num momento em que a banda não tinha nenhuma mulher na composição. Alzinete foi a escolhida para tal. Foram shows, turnês, espetáculos, festas, casamentos… uma infinidade de momentos que tiveram a sorte de ter a voz da vocalista dos Tremendões embalando o ar. 

Hoje, Alzinete (que já não faz mais parte do grupo musical) continua cantando. Isso ela não vai deixar nunca.

“A cada dia que passa para mim, a música é um aprendizado infinito”.
Alzinete Di Oliveira, cantora.

Mas, ó, não adianta encontrar Alzinete e pedir para ela tocar um piseiro, um pancadão, viu? Rsrs… porque, como ela mesma diz: só canta o que gosta. “Eu vou cantar do jeito que eu estou”. Seja MPB, Rock Nacional, músicas dos anos 60, axé, não importa, porque Alzinete dá o seu show como a verdadeira cantora que ela é.

#paracegover: Alzinete di Oliveira com o cabelo liso e preto, vestindo uma camisa e uma calça pretas, um colete branco com bolinhas pretas, um colar, segurando um microfone. Ela está com uma maquiagem forte e sorrindo. Aparentemente, devia estar num dos seus shows. Tem um rapaz com uma guitarra na lateral, e o espaço está escuro. FOTOGRAFIA: acervo pessoal.

A pandemia deu um dificultada nos seus trabalhos. Assim como para muitos e muitas artistas, Alzinete se viu sem shows, sem aniversários, sem possibilidades de espalhar sua música por aí. Só agora que tudo está sendo reativado aos poucos. Para ela, parar de cantar? Isso nunca. 

O maior sonho de Alzinete é finalizar o seu CD que se arrasta há tempos. Eu sei que ela vai conseguir. Enquanto isso, a gente conhece cada vez mais um pouco dessa grande cantora de Mossoró, seja numa conversa, numa mesa de bar ou até mesmo através da sua voz, que alcança grandes corações. Alzinete é símbolo da Música Popular Bra…Mossoroense. Orgulho do peito. E é por isso que o blog Reticências Culturais a convidou para fazer a playlist do mês de setembro. Que, além de um convite, essa troca se estenda como uma verdadeira homenagem, já que Alzinete merece. 

Então, minha gente, aproveitem muitoooo essa playlist que está muito show! Com o tema NOSTALGIA, a playlist do mês de setembro, criada por Alzinete Di Oliveira, traz nomes como Núbia Lafayette, Zizi Possi, Alcione, Benito de Paula, Baby do Brasil, Joana, Emílio Santiago, Dalva de Oliveira, Elba Ramalho, Paul McCartney, entre outros grandes nomes da música mundial. 

Meninaaaa, está bom demais mesmo!!!! Ouça até não aguentar mais. E na dúvida, ouça mais um pouquinho. 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram