A partir deste sábado (13), as inscrições para o Edital Glorinha Oliveira, realizado pelo Governo do RN, através da Fundação José Augusto, já estão abertas. O Edital irá selecionar 400 projetos que contemplem obras de autobiografia com premiações individuais no valor de R$4.500 reais (quatro mil e quinhentos reais).

O Prêmio Glorinha Oliveira Apoio Emergencial a Trabalhadores e Trabalhadoras da Cultura Potiguar busca histórias de vida de artistas norte-riograndenses no intuito de preservá-las, constituindo um acervo da memória artística e cultural do Estado. Destina-se a contemplar a a carreira e obra por meio do gênero autobiográfico de nomes de produtores e produtoras na área artístico-cultural ativa no Rio Grande do Norte.

O Edital pode ser encontrado no site www.cultura.rn.gov.br, na secção “Editais Culturais/Editais Abertos”. As inscrições deverão ser feitas pelo email: editalglorinhaoliveira.fja@gmail.com, entre os dias 4 e 7 de dezembro. O/a proponente também deve realizar um cadastro pessoal num link disponibilizado no documento. 

O resultado final com o nome dos 400 selecionados e da convocatória será divulgado no dia 22 de dezembro de 2021, no Diário Oficial do Estado (DOE). 

Os recursos do Edital Glorinha Oliveira são oriundos da Lei Federal nº 14.017 (Lei Aldir Blanc) e provenientes do orçamento geral da Fundação José Augusto (FJA), no valor de R$1.800.000,00 (um milhão e oitocentos mil reais), por meio  da dotação orçamentária do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria de Estado da Educação, da Cultura e Fundação José Augusto. 

Acesso ao edital: http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/secretaria_extraordinaria_de_cultura/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=274271&ACT=&PAGE=0&PARM=&LBL=EDITAIS

GLORINHA OLIVEIRA

#paracegover: Glorinha Oliveira é branca, tem cabelo curto e escuro, está com olhos fechados, cantando, gesticulando com os braços, punhos fechados. Ela veste um vestido azul, óculos de grau, brincos e anel. À sua frente, tem um microfone. FOTOGRAFIA: Canindé Soares.

Glorinha Oliveira nasceu no dia 27 de novembro de 1925, numa Natal ainda pouco movimentada, mas cheia de história para contar. Sempre apaixonada por música, Glorinha construiu uma carreira com destaques nessa área e no cenário do rádio do Estado do Rio Grande do Norte. Foi cantora, DJ, rádio-atriz, humorista, colecionou diversos papéis em rádio-novela, músicas de sucesso e algumas poucas composições.

No rádio, atuou na Rádio Poti, na capital potiguar; um dos seus trabalhos de maior destaque foi em um programa semanal, veiculado nas quintas, o ‘A Estrela Canta’; além de ter feito participações em grandes emissoras e programas do Brasil, como a inauguração da TV Tupi, pelo próprio Assis Chateaubriand.

Glorinha Oliveira faleceu no dia 23 de fevereiro de 2021. E nada mais justo do que essa e outras várias homenagens. Entre elas, um documentário quentíssimo que eu, Luiza, estou produzindo sobre aquela que eu tenho a honra de chamar de bisavó <3

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram