Sou filha de pais falecidos, meu pai era mecânico, minha mãe era enfermeira, somos em 7 filhos”. Essa fala é de Suelly Xavier Lucas, uma dessas sete. Mulher, filha e, hoje, também, mãe. Suelly nasceu no ano de 1969, aqui em Mossoró/RN. Esse solo cheio de raízes culturais também é um pouco dela. 

#paracegover: Na foto, o rosto de Suelly, mulher negra, cabelo liso e está usando um óculos de grau com a borda preta. Suelly está sorrindo. FOTOGRAFIA: desconhecido.

Tendo uma infância vazia e feliz, como ela mesma descreve, aos 25 anos, Suelly decidiu enfrentar os desafios da vida, segurando na mão da coragem. Ela e seu marido – com quem vive até hoje – partiram para a cidade de São Paulo, buscando encontrar melhores condições de trabalho ou, como ela mesma diz: “aprendendo a viver”. Foram, mas levaram na mala o sonho de ser professora e a Mossoró de onde ela tanto ama. 

Suelly conta que nunca se desvinculou da sua cidade natal, e que, por ela, nunca tinha saído daqui. A ida à capital paulistana aconteceu por motivos financeiros, sim, mas também, para que ela pudesse encontrar respiração fora do luto que sufocava-a. A perda de um filho quando ainda era bebê fez Suelly entrar em depressão mais de uma vez, e tudo nesta cidade ainda carrega a lembrança desse momento. Por isso, colocar seus outros 2 filhos debaixo do braço e caminhar rumo a outro lugar foi o que a fez dar uma segunda chance para si. Sem esquecer do passado, claro, muito menos da saudade, mas podendo olhar para o seu futuro. 

“Eu achava que se eu saísse de Mossoró com a perda do meu filho, eu deixaria um pedaço da minha história para trás, mas não, ela me segue, mas aprendi a lidar com ela”.
Suelly Xavier, escritora.

A literatura surgiu na vida de Suelly ainda quando era adolescente, por volta dos 15 anos – hoje, com 52. Durante uma aula do colégio, o professor de português da época lhe pediu para fazer uma redação. Empolgou-se. Foi a primeira vez que ela se viu debruçada profundamente pela escrita, sem ter ideia de que isso, no futuro, seria um dos seus destinos também. Ainda mais depois de um “você escreve muito bem”.

A partir daí, tudo se tornou motivo para escrever. Qualquer situação transformava-se num belo relato. O simples “eu te amo”, para seu marido, dissipava-se em conglomerados de palavras. E, com tudo isso, o desejo de um dia publicar um livro só aumentava.

Foi aí que tudo começou – como ela mesma diz.

Quase 30 anos depois, no ano de 2014, a aspirante a escritora, teve que parar de trabalhar, por motivos de saúde. Na época, como cabeleireira – hoje, voltou a ser um dos seus sustentos -. Foi aí que ela começou a olhar a literatura como um caminho possível para apostar. A monotonia de uma rotina sem tanta perspectiva de movimento deu a Suelly a chance de olhar para si como aquilo que ela sempre desejou: escritora. 

Sendo assim, recomecei. Escrevia algumas mensagens, poesias, até que uma amiga veio me visitar e me perguntou o que eu estava escrevendo e eu disse: ‘veja você!’. Ela viu e ficou surpresa”. Pelo jeito, ela não foi a única. Suelly também ficou. 

O incentivo foi instalado ao redor da mosoroense, o que só alimentou o que já almejava. E assim, no ano de 2000, ela decidiu investir na publicação do seu primeiro livro, um infantil. Sem sucesso. No entanto, 16 anos depois, o nascimento da primeira obra veio. “Frases Tocantes – 1ª edição”. Alguns anos mais tarde, novamente: “Frases Tocantes – 2ª edição”. Dois trabalhos que compilam pensamentos, mensagens e poesias destinadas a quem lê.

#paracegover: duas mãos estão segurando o livro Frases Tocantes II. Na capa, tem um casal e dois gatos que estão de frente para um rio, num entardecer. A luz faz com que eles fiquem na sombra, deixando visível apenas as suas silhuetas.

Agora, com os livros publicados, desejo que muitos conheçam meus escritos!
Suelly Xavier, escritora.

E você pode conhecer. Os livros de Suelly estão à venda na livraria Independência, aqui em Mossoró (Rua Eliza Jales, 29 – Centro).

Um dos maiores desejos desta forte e sonhadora mulher é que os seus irmãos e irmãs de conterraneidade tenham conhecimento dos seus livros; saibam que mesmo lá, ela está aqui.

Aproveitem…

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram